quinta-feira, 31 de janeiro de 2008

Ladrões !!!

Multa_Dakar_2008

Sabem que foto é esta ? Um polícia municipal - Lisboa - a multar um dos concorrentes do Lisboa - Dakar, por ter estacionado o seu carro na baixa, em local "proibido", horas antes de se apresentar no posto de verificação do rally (está lá atrás, á direita).

A raiva que senti ao ver isto foi aumentada por andar a sentir na pele, de há tempos a esta parte, um autêntico roubo aos condutores em termos de todo o tipo de multas, sejam elas de estacionamento ou não.

O problema é que tudo isto é feito ás cegas e subjectivamente. Uns dias multam em determinados locais, outros não; outros, bloqueiam por se lembrarem de bloquear, sem que tal se justifique; casos em que, no meio de uma selva digna de Tarzan e Jane, se lembram de escolher um carro e é esse que leva a prenda. Imaginem o que é chegar ao carro, vê-lo bloqueado, olhar para outros tantos ao redor em situações idêntica, e ver que apenas nos calhou a lotaria; e apanhar uma multa por acharem que o carro está numa curva ou a poucos metros dela ?  isto em Lisboa, onde os carros andam todos empilhados, uns em cima dos outros.

Não é que esteja contra qualquer tentativa de ordenar o trânsito. Não estou não! Apenas, mantendo a situação como está, com milhares de carros em circulação, uns em cima dos outros, sem proceder antes a uma ordenação do trânsito, para, de repente, passar multas cegamente, sabendo nós que a Câmara está a precisar de dinheiro, não é justo! Ainda por cima, ao sabor da disposição de cada um dos polícias, sem regras.

E é assim que o António Costa pretende resolver as situações do trânsito e finanças em Lisboa!!!!

Quanto à multa ao concorrente do Lisboa - Dakar, é realmente um belo exemplo como o excesso de zelo se pode misturar com algo mais. Uma multa tem ou deveria ter, uma finalidade didáctica, como meio preventido de não voltar a incorrer numa fracção. Será que este polícia pensava que, ao multar este concorrente, no próximo ano, quando voltasse a Lisboa, já não iria estacionar onde estacionou ???

Deus me valha! Apetece levar tudo a tribunal, reclamar as multas, mesmo sabendo a trabalheira que irá dar. Não sei ainda o que vou fazer!!!!

Muito mais se poderia dizer sobre tudo isto mas nem vale a pena...

Enfim...

 

Parabéns !

Parabéns!!!

para uma grande amiga blogger e não só...

Pensando nela, só me vem ao pensamento esta pintura, de David Hockney

50 kgs, que lhe daqui mando, de...

beijinhos, abraxinhos, saudades, miminhos e parabéns...

cakepresentmartini

David_Hockney_Garrowby_Hill

domingo, 27 de janeiro de 2008

Venham tempestades...

 

ArvoresTempestade

E, assim que comecei a imaginar as árvores durante a tempestade, apercebi-me da resposta.

Durante uma tempestade, as árvores não tentam manter-se firmes, direitas, altas e erectas.

Deixam-se vergar e ser sopradas pelo vento.

Entendem o poder de deixar-se ir.

Exerto do livro "The Legacy of Luna"

 

quinta-feira, 24 de janeiro de 2008

Woody Allen - Ten Questions

 

br10q_woody_0128

 

A Time Magazine, semanalmente, tem um espaço - Ten Questions -  em que cada uma das 10 questões são colocadas por leitores anónimos da revista a pessoas dignas de especial distinção. Esta semana o entrevistado foi Woody Allen e, talvez também por ter estado perto dele na passagem de ano, ouvindo-o com a sua New Orleans Jazz Band, me fez dedicar uma atenção especial. Aqui transcrevo 5 das mesmas. A entrevista poderá ser vista na totalidade - em texto, audio e vídeo - neste link.

 

 

Q: What is your favorite borough of New York City ?
WA: Manhattan, because it was the glamour spot of my childhood. I grew up in   Brooklyn, which is another great borough, but Manhattan [had] the jazz joints, most of the great movie houses and  Central Park. The second I could move out of my parents' house, I moved to Manhattan and have lived there my whole life.

 

Q: I understand that you are more of a musician than a singer. But is there any song you like to belt out in he shower?
WA: My rendition of Easy to Love by Cole Porter is as good as one could hear - in the shower. Outside of the shower, I start to have some problems.

 

Q: In Match Point, you used a lot of opera. Do you personally enjoy opera ?
WA: I do like opera. I'm going to direct a small opera this year. I used to go a lot, but [operas] go until 11:30 at night. I get up at 5:30 a.m. and get my exercice and ablutions done - sometimes my clarinet practice  even before I go out to shoot. I just can´t keep those late hours.

 

Q: Has being neurotic in life done more good or more harm ?
WA: I'm actually very normal. I have a wife now of 10 years. I have two kids who I'm very devoted to. I've portrayed a neurotic personality with such efectiveness that people think that I'm actually neurotic or learned or intellectual. [But] I'm a beer drinking, television-watching, T-shirt jerk at home. Not someone ensconced in Kierkegaard and Spinoza

 

Q: Do you agree with Picasso's quote: "Good artists copy; great artists steal" ?
WA: Oh. I've stolen from the best. I've stolen from Bergman. I've stolen from Groucho, from Chaplin, from Keaton, from Martha Graham, from Fellini. I mean I'm a shameless thief.

 

 

 

Um pouco da sua vida em fotos... 

 

 

 

Woody Allen com a sua amada New Orleans Jazz Band...

MH_PassAno0708CasEstoril__49_thumb[7]

 

 

Trailer do último filme de Woody Allen, Cassandra's Dream, actualmente em exibição nos nossos cinemas...

 

 

 E que mais dizer sobre um homem como este ? Para não estender toda esta divagação, não muito mais... a não ser que mais parece um canivete suíço em termos de arte e, senão, vejamos...

Ele é...

Annie_Hall_POR_R2-[Front]-[www.FreeCovers.net] Realizador

 

 

 

 

 

 


  AnnieHall2

                                                                          Actor   

                     

 

 

 

 

 

        

 

 Escritorw prosa

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

MH_PassAno0708CasEstoril__52_thumb[3]

 Músico

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

operausa_nyc_metropolitanopera_6 E agora, dirigindo Ópera...

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 
 
 
Enfim... um génio, digo eu...

sexta-feira, 18 de janeiro de 2008

4 em 1

 

1. Edifício Magnólia

Magnólia

Não tenho muito ou nada o hábito de aqui falar de outros blogs (não será por não merecerem!) mas, e recordando que toda a regra tem a sua excepção, hoje vai ser essa excepção.
Tenho acompanhado, desde o princípio do ano, um blog de nome
Edifício Magnólia, de carácter erótico, muito bem escrito (na minha modesta opinião), e que, para além de um enredo intrigante e muito bem pensado, retrata grande parte das situações que a sociedade vai vivendo no seu dia-a-dia em termos daquela tão poderosa força que move montanhas, que é o sexo. Não é tudo na vida, sexo, sei, mas é uma muito forte componente...
Quem tiver curiosidade em passar a acompanhá-lo ou mesmo dar uma passagem, recomendo vivamente que comecem no primeiro post pois a história tem uma sequência que, não sendo seguida, perderá uma boa parte do seu sentido. Seria como começar um livro sem ser pelo princípio...

 

2. Aos saltinhos e dançando até no tecto...

HomemDançandoTecto

Hoje passeava-me nas pérolas da Red Light Special quando, no fim, fiz um clique na música que ali tem, Outlandish,  Callin' U. Tem dias, como tudo, em que, pela nossa disposição, pelo nosso estar, reagimos de forma diferente, claro. E hoje, é daqueles que, ao fazer o tal clique, me apeteceu logo elevar o volume e andar pela casa, aos saltinhos até chegar ao tecto, com lálálás à mistura, enquanto cantarolava:

Yo te quiero, te extraño, te olvido
Aunque nunca me has faltado, siempre estas conmigo
Por las veces que he fallado y las heridas tan profundas
Mejor tarde que nunca para pedirte mil disculpas
Estoy gritando callado yo te llamo, te escucho, lo intento
De ti yo me alimento
Cuando el aire que respiro es muy violento y turbulento
Yo te olvido, te llamo, te siento

lá lá lá lá
là lá lá lá

ihihihihihiihihihihihih

 

 

3. Não será que a vida assim seria infinitamente mais fácil ?

Um sujeito estava a colocar flores no túmulo de um parente, quando vê um chinês a  colocar um prato de arroz na lápide ao lado.
Ele vira-se para o chinês e pergunta:
- Desculpe, mas o senhor acha mesmo que o seu defunto virá comer o arroz ?
E o chinês responde:
- Sim, e geralmente à mesma hora que o seu vem cheirar as flores!!!

Respeitar as opções das outras pessoas, em qualquer aspecto, é uma das maiores virtudes que um ser humano pode ter. As pessoas são diferentes, agem diferente e pensam diferente.
Há que não fazer julgamentos mas sim apenas procurar compreender...

Não será que a Vida assim seria infinitamente mais fácil ?

 

4. E agora vou ao jogossantacasa.pt

E porque hoje é sexta-feira, cá vou fazer o euromilhões e totoloto, porque uns milhõezitos a mais nunca fizeram mal a ninguém!

Para quem não tenha o hábito de o fazer pelo site, digo-vos que é muito prático. Antigamente, quando tinha que ir a um local qualquer para fazer a entrega, acontecia, por esta ou aquela razão, não o fazer por esquecimento ou mesmo nem sequer ver se tinha ganho alguma coisa e, vá-se lá saber, se já tive alguns prémios que por lá ficaram.
Assim, para além de poder jogar na comodidade do site, sempre que tenho algum prémio, recebo indicação via mail e, quando são valores pequenos, são creditados na conta. Há duas semanas, no euromilhões, acertei 2 números e 2 estrelas (que só me renderam 13 euros e pouco! grrrrrrrrrrr!!!!) mas que, assim, nem tenho que perder tempo ou paciência em ir levantar tão baixa quantia pois foi de imediato creditada na conta do site, onde criei um perfil para tal, claro.

Experimentem, para os que ainda não o fazem, e depois me digam! (só para aqueles que acham que o tal milhãozito até que daria um certo jeito...)

quarta-feira, 16 de janeiro de 2008

Fantasia

 

eyes shut

 

O melhor de uma fantasia é pensarmos que ela se pode realizar.

Deixa de ter graça quando essa possibilidade acaba...

segunda-feira, 14 de janeiro de 2008

Férias 2008: Circuito do Gelo do Ártico

 

FeriasNoArtico_Cut

Aproveitem enquanto podem...

Só vai durar mais seis anos!

 

se não fosse o drama que é, até que tinha gracinha, não era ?

Só me apetece gritar...

 

sexta-feira, 11 de janeiro de 2008

Utopia...

 

 Mulher de Costas

Ouvia a música que hoje aqui coloco - Utopia - em phones, e de tão linda que é, parecia que voava, leve, embalado, em paz, como que desmaterializado, longe do mundo... uma música que conheci através da vertigo... que belo gosto que tens, mademoiselle...

Procurava umas fotos na net quando me deparei com esta que aqui vêem... e parei, estupefacto... voltei a música ao princípio e ouvi-a toda, novamente, com o olhar preso a esta imagem. Nem pensava em sexo sequer... bom, quer dizer, ou seja, isto é, por momentos, confesso, até me passou pela cabeça, sim, mas por pouco tempo. Ao invés, pensei se Deus existiria mesmo. E tem mesmo que existir !

E pensei como será ser-se mulher... imaginei-me na pele desta mulher... creio que passaria o dia a ver-me ao espelho, perante tal beleza; andar na rua, vestida para matar... masturbar-me-ia sem parar... sexo, nem sei... aí, fico baralhado; e se estivesse no corpo desta mulher, seria apenas o corpo ou a mente também ? sendo apenas o corpo, era confuso e também não tinha graça. Tinha que saber o que sente uma mulher destas quando sabe ter o poder sobre o mundo nas mãos. Aí, teria que estar na sua mente,  pensar como ela, sentir como ela, ser ela...

Só assim seria possível - e é algo que sempre me deixou curioso - saber o que sente quando faz sexo com um homem... e depois, comparar com os meus sentires, com os sentires do homem... comparar o seu processo de selecção para simples sexo, versus homem... mecanismos tão diferentes que tenho a certeza serem, em regra. Fascinante, tudo isto...

Vi há dias o Call Girl... um presidente de câmara, respeitado, sério, com um historial de vida irrepreensível, a ser desfeito por uma mulher que, para ele, era de sonho; tornou-se numa marionete, às mãos dela, em minutos. Quem está de fora, apercebe-se, claro, da situação ridícula que era; o presidente da câmara talvez se tivesse apercebido também mas o feitiço era de tal forma forte que ele não queria sequer resistir. Era como se preferisse ser rei por um dia a ser duque por toda a vida (bom, sabemos que deveria ser rainha mas serve assim para dar a ideia!). Tal era o seu poder !

A beleza de uma mulher pode ser maior ou menor, verdade: mas, no fundo, acaba sempre por ser magia pura. Coitados dos homens... eles (nós) até que são bem intencionados mas, perante tal coisa, nada há a fazer... têm (temos)  que aceitar a sua fraqueza e a mulher perdoá-los... :)

Pensando melhor, não sei se Deus existirá... se sim, teria que ser perfeito e, assim sendo, não iria criar algo tão belo e que tanta destabilização tem trazido, desde sempre, ao mundo...

Como dizem os americanos... So help me God !

segunda-feira, 7 de janeiro de 2008

Intermezzo 3

 3Ursinhos

Um caçador foi para o Alasca apanhar ursos. Depois de vários dias à espreita, avistou um urso grande, apontou e abateu o animal.
Estava a pular de alegria, quando sentiu uma pancadinha no ombro.
Era um urso maior ainda, sacudindo a cabeça em sinal de desaprovação:
- Não deverias ter feito isso - disse o urso - Mataste um dos meus semelhantes, e agora vais ter de pagar. Preferes morrer ou ser violado?
Diante das circunstâncias, o caçador escolheu a segunda alternativa, entregando-se ao animal. Sobreviveu, mas jurou vingança.


Um ano depois, voltou ao Alasca disposto a matar o urso que o violentara. Avistou-o, apontou e abateu-o com um único tiro.
Logo sentiu uma pancadinha nas costas. Era outro urso, muito maior do que o que ele tinha morto. O bicho repetiu o discurso do ano anterior:
- Mataste um dos meus semelhantes e vai ter de pagar. Preferes morrer ou ser violado?
O caçador nem queria acreditar naquilo! A cena repetia-se!
Jurando vingança, entregou-se ao animal monstruoso.


No ano seguinte, sedento duma desforra, voltou ao Alasca. Avistou o gigantesco urso, apontou e abateu o animal com um tiro certeiro.
E sentiu outra pancadinha nas costas. Era um urso descomunal, que disse:
- Diz-me a verdade, tu não vens aqui p'ra caçar, pois não... ?

sexta-feira, 4 de janeiro de 2008

Rescaldos de uma passagem de ano...

MH_PassAno0708CasEstoril__52

Valeu a pena, sim, a viagem até cá...

MH_PassAno0708CasEstoril__49

... deu para ver Woody Allen e a sua New Orleans Jazz Band...

MH_PassAno0708CasEstoril__45

MH_PassAno0708CasEstoril__23

... e tantas coisas mais...

Fotos e Video de Shelyak

E agora, vou de volta para Shelyak...

Shelyak_MarylinMonroeShelyak VendoTerra

Vai ser mais fácil desta vez... o caminho começa a ser-me já familiar...